Suspeito investigado por mandar matar sushiman participou de outros homicídios em Rio das Pedras, diz investigação

  • 11/07/2024
(Foto: Reprodução)
Segundo informações da Delegacia de Homicídios da Capital, Gerlan presenciou a briga e mandou matar Ramon de Sousa Reis Pereira. Investigação de outra delegacia aponta ainda que o suspeito, que está foragido, foi um dos participantes do homicídio e ocultação de cadáver de Nathan Pereira, de 19 anos. Gerlan Anacleto de Oliveira Reprodução A Polícia Civil investiga o miliciano Gerlan Anacleto Oliveira como suspeito de ser o mandante do assassinato de um sushiman em Rio das Pedras, na Zona Oeste do Rio. A Justiça do Rio expediu um mandado de prisão contra ele, que está foragido. Ramon de Sousa Reis Pereira era sushiman e foi baleado depois de discutir com um homem, também suspeito de ser miliciano da região. Segundo informações da Delegacia de Homicídios da Capital, Gerlan presenciou a briga e mandou matar o rapaz. Ramon de Sousa Reis Pereira era sushiman e tinha 26 anos Reprodução A Polícia Civil o indiciou em quatro inquéritos por homicídio e ocultação de cadáver de diferentes vítimas na região. Uma dessa investigações aponta que Gerlan foi um dos participantes do crime contra Nathan Fernandes Pereira, 19 anos. Nathan Fernandes Pereira, de 19 anos, que desapareceu em janeiro em Rio das Pedras Reprodução Com ele, foram denunciados e são réus no processo Otávio Rodrigues de Brito e João Henrique Pedro da Silva, o Pezão, apontado como um dos chefes da milícia de Rio das Pedras. O motivo do crime, segundo as investigações da Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA), é o fato de Nathan já ter tido um relacionamento com a então namorada de Otávio. Antes do crime, ele viu mensagens entre Nathan e sua namorada no aplicativo de mensagens de uma rede social. Quando os três abordaram a vítima, encontraram no celular dele mensagens em que ele dizia que “milicianos tinham que morrer e que não valiam nada”, além de trocas de mensagens com a namorada de Otávio. Nathan trabalhava na Gardênia Azul, comunidade de Jacarepaguá que está sob domínio do Comando Vermelho, facção que se tornou a maior rival da milícia na região. Os milicianos suspeitaram que a vítima poderia levar informações da quadrilha para traficantes. Por causa disso, Nathan foi levado no carro de Gerlan para a localidade conhecida como Areal, em Rio das Pedras, e executado a tiros. Depois, o corpo da vítima foi ocultado pelos criminosos, e nunca foi encontrado até hoje. O carro de Gerlan era conhecido em Rio das Pedras, segundo as investigações, como o “carro do passeio”. No seu relatório final de inquérito, a delegada Elen Souto cita que os moradores de comunidades dominadas pela milícias vivem sob uma "lei do silêncio", já que temem sofrer represálias dos criminosos caso colaborem com as autoridades.

FONTE: https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2024/07/11/suspeito-investigado-por-mandar-matar-sushiman-participou-de-outros-homicidios-em-rio-das-pedras-diz-investigacao.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

No momento todos os nossos apresentadores estão offline, tente novamente mais tarde, obrigado!

Top 5

top1
1. Voando Pro Pará

Joelma, Pedro Sampaio

top2
2. Flash Mob Perna Bamba

[Parangolé e Léo Santana

top3
3. Se Você Tivesse Cuidado

Jonas Esticado, Mari Fernandez

top4
4. Peligrosa

Wisin, Anitta, Shaggy, Maffio

top5
5. Baby

Zé Vaqueiro e Manu Bahtidão

Anunciantes